COMO ESCOLHER UM COACH?

COMO ESCOLHER UM BOM COACH?

Boa gestão, liderança efetiva e que funcione, organização, engajamento e resultados positivos são características que um gerente procura ao administrar o empreendimento junto com sua equipe. Por vezes, para conseguir essas habilidades, é necessário que o caminho seja amparado por alguém que tenha a experiência e a qualificação necessárias para ajudar nessas aptidões.

Por isso, nesse artigo, vamos ensinar você como escolher um coach. Confira!

ANTES DE TUDO: O QUE É O COACHING? 

Coaching, como o próprio nome já afirma, é um excelente processo de desenvolvimento para gestores, gerentes ou empreendedores. Quem conduz é o Coach, que tem a função de amparar e ajudar seu cliente a progredir em alguma área de sua vida.

É extremamente importante que, antes de iniciar um processo de Coaching, você avalie as formas de selecionar quem irá conduzi-lo para que suas metas e objetivos na carreira sejam alcançados.

CONHEÇA O HISTÓRICO PROFISSIONAL DO SEU COACH

Esse é o processo básico para a escolha do profissional que vai orientá-lo. O histórico profissional diz muito sobre a experiência do Coach e se ele está realmente apto a oferecer um serviço de qualidade.

Analise também se essa experiência é significativa para o processo desejado. Há diversos tipos de Coaches voltados para diferentes soluções de problemas, como liderança, carreira, vendas, negócios, equipe, entre outros.

Por fim, lembre-se: o Coaching não oferece soluções prontas ou respostas genéricas. Ele o levará para um processo de autoconhecimento e você vai aprender a tomar as decisões certas, avaliando profundamente as necessidades.

ANALISE SE O COACH OFERECE UMA SESSÃO EXPERIMENTAL

Não aposte naquilo que você não conhece. A sessão experimental é essencial para você observar vários aspectos entre a relação que será construída com o Coach. É um processo essencial para que a avaliação seja feita para ambos; o Coach e o Coachee (o cliente).

Se você se sentir inseguro durante a avaliação, nada o impede de procurar outro profissional, de forma que não haja prejuízo financeiro.

PROCURE DEPOIMENTOS DE CLIENTES

Ter as referências e conhecer os resultados alcançados é essencial. Procure, pelo menos, três antigos clientes de seu Coach e pergunte como foi, se o método é bom e quais foram os resultados obtidos. É nesse momento em que você irá aprofundar seu conhecimento sobre como podem ser as futuras sessões.

PESQUISE E LEIA AS PUBLICAÇÕES DE SEU COACH

Quando uma pessoa possui uma boa formação, ela também procura compartilhar, através de publicações de artigos, durante esse processo. Então, pesquise e leia as publicações de seu Coach, busque informações em blogs, livros, artigos online ou postagens em redes sociais.

Por meio desse processo, você também analisará se seu Coach mantém-se ativo e, consequentemente, atualizado com as referências do mundo empreendedor atual.

Desconfie de um Coach que não escreve.

DESCUBRA ONDE O DIPLOMA DE COACHING FOI TIRADO

É importante saber distinguir o processo de formação. O Coaching está surgindo no mercado como algo muito frequente e o procedimento pode acabar banalizado. É muito bom se informar sobre como e onde foi o preparo do Coach.

Mas perceba: ao analisar os diplomas, é importante considerar também todos os pontos citados acima, pois um complementa o outro.

Averigue e analise a formação do profissional, observe se ele tem domínio da área que você pretende melhorar e se apoie também nas experiências do especialista.

Veja que é muito significativo que haja conexão entre cliente e empreendedor e, como afirma o líder consultor de negócios Carl Reader, “se não houver respeito e confiança o projeto poderá ser prejudicado desde o começo”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *